Paraíba gera 3,5 mil novos empregos e registra crescimento pelo 3º mês consecutivo

A Paraíba manteve o crescimento de empregos formais pelo terceiro mês consecutivo e registrou, em agosto, saldo positivo de 3.511 empregos. Os dados fazem parte do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado pelo Ministério do Trabalho e Emprego. No âmbito nacional, a Paraíba foi o quinto estado que mais empregou.

Segundo o Caged, o setor que mais gerou empregos no estado durante o mês de agosto foi o de agropecuária, com 2.349 vagas criadas e preenchidas. Em seguida, vem o setor de indústria e transformação, com 1.401 empregos. Já o comércio teve saldo negativo de 204.

Por municípios, João Pessoa registrou saldo negativo entre a geração de empregos e a demissão, com 4.332 empregados admitidos e 4.547 demitidos durante o mês de agosto.

Em Campina Grande o saldo também foi negativo, com 1.479 admissões contra 1.816 demissões no mesmo período.

Dados nacionais

Ainda segundo o Caged, em agosto, o número de novas vagas de trabalho com carteira assinada somou 35.457 em todo o Brasil, o que representa o quinto mês seguido com mais vagas de trabalho formal abertas do que fechadas no país.

Em julho, foram gerados mais 35.900 postos de trabalho com carteira assinada. De janeiro a agosto deste ano, o mês de abril foi o que apresentou melhor resultado: 71.193 novas vagas em postos de trabalho formal.

No entanto, dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que o desemprego continua alto. De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), no trimestre de maio a julho, 12,8% dos brasileiros estavam desocupados, número que representa um quantitativo de 13,3 milhões de pessoas.

Fonte: Ascom Fecomércio-PB com Portal Correio