Peic: nível de endividamento apresenta queda por quatro meses seguidos

 

 



O percentual de famílias que relatou possuir dívidas entre cheques pré-datados, cartões de crédito, carnês de loja, empréstimo pessoal, prestações de carro e seguros recuou pelo quarto mês consecutivo, passando de 62,5% em agosto para 61,6% em setembro de 2011. É o que mostra a pesquisa nacional de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC), referente a setembro. Apesar da tendência recente de queda, esse indicador continua superior ao patamar observado no mesmo período do ano anterior, quando 59,2% das famílias havia declarado possuir dívidas.

Já o percentual de famílias com contas ou dívidas em atraso ficou praticamente estável na comparação mensal, alcançando 24,3% em setembro, ante 24,4% do mês anterior, sem, entretanto, superar os 24,7% observados em setembro de 2010.

Para os próximos meses, espera-se uma continuidade na trajetória de alta da inadimplência, compatível com a desaceleração da atividade econômica, embora moderada, como indica as sucessivas melhoras na percepção das famílias em relação à capacidade de pagamento.

Fonte: CNC